Você se considere um bom líder?

Bom Dia meus amores,

 

Você já devem ter ouvido falar que o bom líder é aquele que move, pois bem, o sucesso de uma empresa depende de líderes competentes para administrar o negócio e gerir uma equipe, o bom líder deve buscar pelo equilíbrio entre resultados e gestão de pessoas, já que “não funciona mais aquilo de eu mando e você obedece.”

Os funcionários bem dirigidos e satisfeitos com a liderança, são mais bem aproveitados, geram menos desavenças e resultados melhores. Um gestor que se comunica e conhece a equipe, sabe como satisfazer o cliente e quanto tempo isso demora.

Por isso, listei cinco características que formam um bom líder:

1 – Escuta empática: Estar aberto para escutar a equipe faz diferença no papel de líder. “Um bom líder, antes de tudo, tem que ouvir primeiro. No final do dia, quem está atendendo o cliente, produzindo, criando, são os liderados. Não é uma boa escolha mandar sem perguntar a opinião profissional de quem está no dia a dia da empresa. Esse modelo não funciona, a realidade é outra.”
2 – Comunicação assertiva: Um bom líder deve ter uma boa habilidade de comunicação, ser objetivo, transparente e honesto. “Depois de escutar e entender o que está acontecendo, ele tem que ter uma comunicação assertiva, para orientar o colaborador a realizar as pendências. O líder deve conversar com os funcionários para atingir o objetivo do cliente.”
3 – Gestão de tempo: Possuir um senso de tempo e prioridades torna a equipe mais ágil. “O gestor deve perguntar quanto tempo o colaborador leva para realizar o trabalho, questionar se o tempo é viável e estabelecer datas possíveis. Quando a equipe não entrega um projeto a tempo, a culpa é do líder que não questionou de forma assertiva.”
4 – Ter objetivo: O gestor precisa saber qual o objetivo da empresa, do projeto e dos clientes. “O funcionário só consegue realizar um trabalho eficiente, se o gestor souber onde quer ir. Qual a meta da empresa? O líder precisa ter isso claro, se não a equipe fica perdida.”
5 – Entender os perfis: Outro aspecto importante, é saber diferenciar os diferentes perfis profissionais, e como trabalhar com cada um deles de forma eficiente. “O gestor precisa entender que todos têm facilidades e dificuldades. É saber colocar a pessoa comunicativa no atendimento, a mais focada na produção, a mais criteriosa na supervisão ou revisão, e assim por diante.”

Bjos Leila Coach